Índice de preços dos supermercado cai 0,70%

Os Índice de Preços dos Supermercados (IPS/APAS) registrou queda de 0,70% no mês de outubro. No mesmo período, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) foi de 0,01%. A maior queda de preços ficou por conta do grupo de alimentos. O preço dos produtos agrícolas, por exemplo, recuaram 2,27% e, no caso de alimentos industrializados, a queda foi de 0,39%. As taxas indicam que o grupo de alimentos já demonstra sinais de superação da entressafra com os preços em queda 0,74%. As bebidas não alcóolicas, ao contrário, tiveram alta de 2,41% enquanto as alcóolicas, junto com os artigos de limpeza, higiene e beleza não registraram variações de preços. O acumulado IPS/APAS de outubro de 1999 a outubro deste ano atingiu 3,66% enquanto o IPC, no mesmo período, foi de 6,22%. Em outubro de 2000 a variação de preços foi de praticamente zero para o IPC, provocada pela ausência de reajustes localizados, tanto do combustível como das tarifas de serviços de utilidade pública. Neste ano o preço do combustível já aumentou 24,32% e dos serviços públicos 7,31% para um IPC de 4,16% e um IPS/APAS de 0,72%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.