Índice de preços no varejo cai 0,06% em junho na Grande SP, diz Fecomercio

Esta é a primeira variação negativa do IPV no ano ante o mês anterior 

Fabrício de Castro, da Agência Estado,

16 de julho de 2010 | 11h34

O Índice de Preços no Varejo (IPV) da Grande São Paulo recuou 0,06% em junho em relação a maio, informou nesta sexta-feira, 16, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (Fecomercio-SP). Esta foi a primeira variação negativa do ano. Em maio, o indicador havia registrado alta de 0,22% ante o mês anterior. Com o resultado, os preços do varejo acumulam alta de 1,62% no primeiro semestre e de 1,66% nos 12 meses encerrados em junho.

De acordo com a Fecomercio-SP, dos 21 grupos analisados no IPV, oito apresentaram decréscimos nos preços médios. Este foi o caso do grupo Supermercados, que apresentou redução de 0,71% nos preços em junho ante maio. Foram verificadas quedas em produtos como adoçantes (baixa de 12,54%), tubérculos (recuo de 9,22%) e legumes (queda de 6,71%). "Os preços dos produtos in natura estão sendo realinhados aos seus patamares regulares, após terem sofrido pressão por conta das instabilidades climáticas do início do ano", afirmou Guilherme Dietze, assessor econômico da Fecomercio.

No grupo Feiras, os preços recuaram 2,94% em junho ante maio, enquanto Combustíveis e Lubrificantes registraram baixa de 1,22%. Os combustíveis ficaram em média 1,27% mais baratos e os lubrificantes e óleos subiram 0,40%. No grupo Eletroeletrônicos, a queda foi de 1,03% em junho em relação ao mês anterior. Os outros grupos que registraram quedas foram: Drogarias e Perfumarias (baixa de 0,16%), Açougues (recuo de 0,22%), Livrarias (baixa de 0,23%) e CDs (recuo de 0,08%).

Entre as altas de preços, o grupo Veículos foi o destaque, com elevação de 1,03% em junho ante maio. Este foi o terceiro aumento seguido registrado no setor. "O fim do benefício fiscal de redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e os reajustes sucessivos nas matérias-primas, principalmente aço, são os principais responsáveis por este resultado", explicou Dietze.

Tudo o que sabemos sobre:
preçosvarejoIPVFecomercioSP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.