Índice de reajuste precisa refletir custos, defende Telefonica

O presidente da Telefonica, Fernando Xavier, voltou a comentar a renegociação do indexador dos contratos de concessão da telefonia agendada para 2006. apesar de não ter comentado a eventual possibilidade de o governo utilizar a renegociação como instrumento adicional de controle da inflação, Xavier insistiu que qualquer mudança de indexador terá que refletir aumentos de custos do setor e garantir a recomposição das receitas das companhias envolvidas."Queremos que qualquer que seja o indicador, que ele tenha a capacidade de refletir o aumento de custos do setor de maneira a fazer a devida recomposição de receitas e tarifas que é necessária", disse Xavier.O presidente da Telefonica reconheceu, no entanto, que as negociações em torno da revisão dos contratos de concessão se mostraram necessárias pelo fato de os índices de reajuste terem criado um aumento de preço da telefonia superior ao avanço observado na inflação no país.Xavier, que também ocupa a vice-presidência da associação brasileira da infra-estrutura e indústrias de base, participou hoje de um evento promovido pela entidade para discutir o financiamento da expansão do setor elétrico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.