Índice europeu de ação fecha em baixa com sinal de alta do juro

O principal índice europeu de açõesfechou em queda pelo segundo dia seguido nesta quinta-feira,depois que o presidente do Banco Central Europeu (BCE),Jean-Claude Trichet, deixou a porta aberta para uma alta dojuro básico em julho. De acordo com dados preliminares, o índice FTSEurofirst 300caiu 0,18 por cento, para 1.309 pontos. As ações de bancos tiveram desempenho misto, com o CreditAgricole despencando 7,7 por cento, para o menor valor em cincoanos, após revelar um preço muito menor do que o esperado parasuas ações na oferta de 5,9 bilhões de euros de direitos desubscrição. O banco é a maior instituição financeira de varejoda França. O Royal Bank of Scotland subiu 4,3 por cento, impulsionadopor uma melhora na recomendação feita pelo Citigroup --queagora indica a compra das ações. "Ainda não temos muita visibilidade e o medo sobre a saúdedos bancos continua a ressurgir aqui e ali", disse BrunoCavalier, economista da Oddo Securities, em Paris. "Mas o sentimento do mercado melhorou bastante nos últimosdois meses. Nós pensávamos naquele momento que iríamos para oinferno. Agora parece mais com o purgatório, mas ainda estamosmuito longe do paraíso." Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,42por cento, a 5.995 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,34 por cento, para 6.941pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 recuou 0,16 por cento, para 4.907pontos. Em MILÃO, o índice Mibtel encerrou em alta de 0,33 porcento, a 25.178 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou perda de 0,76 porcento, para 13.239 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 teve valorização de 0,14 porcento, para 10.405 pontos. (Reportagem de Blaise Robinson)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.