Índice europeu de ações cai com medo de mais prejuízo em bancos

O principal índice das ações européiasfechou em baixa nesta segunda-feira, puxado pelo desempenhoruim dos bancos depois que o Lehman Brothers previu fortesperdas trimestrais e definiu um aumento de capital. Além disso,pesou sobre o mercado rumor de novas perdas no banco suíçoUBS. De acordo com dados preliminares, o índice FTSEurofirst 300recuou 0,34 por cento, para 1.279 pontos. Os bancos foram afetados pelos resultados do Lehman, quevieram bem abaixo do esperado, e pela queda de 3,3 por cento doUBS após informações na mídia de que o banco pode ter maisprejuízos no segundo trimestre. "Vamos investir nos bancos só no outono (do HemisférioNorte), no mínimo", disse Giuseppe Amato, estrategista demercado da Lang & Schwarz, em Dusseldorf, na Alemanha. "O Lehman agora confirmou um aumento de capital, que é 1bilhão de dólares maior do que o mercado supunha ontem, e oprejuízo também foi maior. A gente pode ver que os bancos nãotêm mais colchão", acrescentou. Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de0,49 por cento, a 5.877 pontos. Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,17 por cento, para 6.815pontos. Em PARIS, o índice CAC-40 teve variação positiva de 0,08por cento, a 4.799 pontos. Em MILÃO, o índice Mibtel encerrou em queda de 0,19 porcento, aos 24.588 pontos. Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou perda de 0,67 porcento, a 12.823 pontos. Em LISBOA, o índice PSI20 teve desvalorização de 0,65 porcento, a 10.211 pontos. (Reportagem de Patrizia Kokot)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.