Índice europeu de ações fecha em alta, puxado por mineradoras

As bolsas de valores da Europa avançaram nesta segunda-feira, com as companhias mineradoras recuperando-se das perdas da semana passada devido à forte perspectiva da demanda por metais, mas a alta foi limitada pela preocupação de que a crise de dívida na zona do euro prejudique o crescimento econômico do bloco.

REUTERS

24 de maio de 2010 | 13h26

O FTSEurofirst 300, índice das principais ações europeias, encerrou em alta de 0,33 por cento, para 973 pontos, interrompendo três sessões consecutivas de baixa.

As mineradoras Anglo American, Kazakhmys, Xstrata e Rio Tinto ganharam de 0,5 a 2 por cento, por causa da melhora nas perspectivas da demanda por metais, após comentários de uma autoridade de que a China deve ser cautelosa ao introduzir novas medidas de aperto monetário.

Os bancos espanhois eram pressionados após o Banco da Espanha ter dito no sábado que assumiu o controle do banco CajaSur, sinalizando problemas estruturais dos Estados da zona do euro e pressionando a moeda única.

O Banco Santander e o BBVA recuaram 0,9 e 1,9 por cento, respectivamente.

"Isso (o resgate na Espanha) manda um alerta muito claro e presente ao mercado de que a crise de dívida poderia ter um efeito particularmente negativo sobre alguns bancos que estão diretamente expostos à dívida soberana", disse Joshua Raymond, estrategista da City Index.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,13 por cento, a 5.069 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,4 por cento, para 5.805 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,01 por cento, para 3.430 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização 2,59 por cento, para 19.030 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 retrocedeu 1,27 por cento, para 9.287 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 encerrou em queda de 0,02 por cento, para 6.819 pontos.

(Reportagem de Harpreet Bhal)

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAEUROPAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.