Índice europeu de ações renova máxima em 15 meses

O principal índice das ações europeias atingiu o maior nível em quase 15 meses pelo segundo dia consecutivo nesta quinta-feira, com destaque para os setores ligados a bancos e commodities em uma sessão com volume abaixo da média.

REUTERS

24 de dezembro de 2009 | 12h52

O índice FTSEurofirst 300 subiu 0,12 por cento, para 1.038 pontos, em uma sessão encurtada pelo Natal. O índice acumula alta de quase 61 por cento em relação à mínima histórica, registrada em março, e de cerca de 25 por cento em 2009. Será o ano mais positivo desde 1999.

"Estar nessa posição otimista é bom, depois de toda a dor e tristeza do último ano", disse Mike Lenhoff, estrategista-chefe da Brewin Dolphin Securities, em Londres. "A questão é se a alta é sustentável no ano que vem, e eu acho que será. Sabemos que os lucros serão um fator de sustentação".

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em alta de 0,56 por cento, a 5.402 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 subiu 0,05 por cento, para 3.912 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 teve alta de 0,26 por cento, para 8.446 pontos.

Em FRANKFURT, em MILÃO e em MADRI as bolsas permaneceram fechadas por causa da véspera de Natal.

(Reportagem de Joanne Frearson)

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAEUROPAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.