Índice europeu fecha em baixa por bancos e petrolíferas

As bolsas de valores da Europa fecharam em baixa nesta sexta-feira, com os bancos registrando perdas devido a preocupações sobre as rígidas regulações do Comitê da Basileia e com as ações das petrolíferas em meio à volatilidade do petróleo.

REUTERS

18 de dezembro de 2009 | 15h17

O FTSEurofirst 300, índice das principais ações europeias, caiu 0,4 por cento, para 1.014,03 pontos em uma sessão volátil, após ter subido para 1.028,34.

"Os volumes estão baixos então você tende a ter algumas altas aqui e ali. As pessoas ainda estão saindo dos bancos por causa da fraqueza de ontem", disse Joshua Raymond, estrategista de mercado do City Index.

"Historicamente, você vai ver os volumes mais baixos de todo o ano de hoje até o Ano Novo. Muitas pessoas estão somente retirando suas posições e vão voltar no Ano Novo."

Os bancos tiveram o pior desempenho do dia, continuando o declínio da sessão anterior. Os papéis do Barclays, Credit Agricole, UBS e Lloyds Banking Group se desvalorizaram entre 2,8 e 7,1 por cento.

As ações de petróleo reverteram os ganhos de mais cedo, com o petróleo chegando mais perto de 73 dólares o barril. Royal Dutch Shell, Repsol and Total perderam de 0,4 a 1,4 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de 0,4 por cento, a 5.196,81 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 0,23 por cento, para 5.831,21 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,95 por cento, para 3.794,44 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 0,91 por cento, para 22.472,43 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 retrocedeu 0,44 por cento, para 11.645 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 encerrou em alta de 0,3 por cento, para 8.211,87 pontos.

(Reportagem de Joanne Frearson)

Tudo o que sabemos sobre:
BOLSAEUROPAFECHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.