Índice Nacional da Construção Civil fechou 2004 em 10,95%

O Índice Nacional da Construção Civil acumulou alta de 10,95% em 2004, resultado 3,36 pontos percentuais menor que o do mesmo período de 2003 (14,31%), segundo divulgou o IBGE. Em dezembro, a variação foi de 1,08%, mantendo-se praticamente estável em relação a novembro (1,07%). Ainda em dezembro, o custo nacional por metro quadrado passou para R$ 507,70, sendo R$ 298,26 relativos aos materiais e R$ 209,44 à mão-de-obra. A parcela dos materiais passou de 1,43% em novembro para 1,30% em dezembro, registrando queda de 0,13 ponto percentual. No ano de 2004, os materiais acumularam aumento de 13,94%, ou seja, alta de 1,01 ponto percentual em relação ao acumulado de 2003 (12,93%). Já a mão-de-obra subiu em dezembro (0,76%), variando 0,19 ponto percentual em relação a novembro (0,57%). O acumulado de 2004 da mão-de-obra ficou em 6,96%, bem abaixo do número de 2003 (16,21%), "reflexo de que em 2004 os índices definidos nos acordos coletivos foram inferiores aos negociados em 2003" ,segundo o documento de divulgação do IBGE.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.