Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Índice que mede a inflação do aluguel acelera e sobe 0,64% em março

Com o resultado, o IGP-M voltou a subir em 12 meses após 9 meses de deflação, mostrando elevação de 0,20%

Thaís Barcellos, O Estado de S.Paulo

28 Março 2018 | 08h30

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) avançou para 0,64% em março, acelerando o ritmo de alta em relação a fevereiro, quando subira 0,07%, divulgou a Fundação Getulio Vargas (FGV). Assim, o indicador voltou a subir em 12 meses após 9 meses de deflação, mostrando elevação de 0,20%. No ano, o acumulado registra avanço de 1,47%. 

+ Preencher o álbum da Copa do Mundo custa R$ 560

O IGP-M é utilizado como referência para a correção de valores de contratos, como os de aluguel de imóveis.

+ Preço de venda de imóveis comerciais sobe e de aluguel desce em fevereiro

No mês, o resultado veio em linha com a mediana das estimativas do Projeções Broadcast, com intervalo que ia de 0,48% a 0,75%. Em 12 meses, o IGP-M ficou ligeiramente acima da mediana de 0,19%, mas dentro do intervalo esperado, que variava de 0,09% a 0,31%. 

+ Dólar atinge R$3,32, a maior cotação do ano

Entre os três indicadores que compõem o IGP-M, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-M) teve forte aceleração, saindo de queda de 0,02% em fevereiro para alta de 0,89% em março. Por outro lado, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC-M) desacelerou de 0,28% para 0,14%. Já o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-M) passou de 0,14% para 0,23% no período.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.