carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Indústria da zona do euro recua pelo 2º mês seguido

A produção industrial na zona do euro (15 países europeus que compartilham a moeda) caiu em dezembro do ano passado pelo segundo mês consecutivo, indicando que o crescimento econômico na região diminuiu durante o último trimestre de 2007, informou a agência de estatísticas da União Européia, Eurostat. A produção nas fábricas dos 15 países que compõem a zona do euro recuou 0,2% em dezembro do ano passado ante novembro do mesmo ano e subiu 1,3% em comparação a dezembro de 2006. Em novembro de 2007, a produção caiu 0,4% em relação a outubro do mesmo ano e avançou 3,1% frente a novembro do ano anterior. Analistas esperavam elevação mensal de 0,6% na produção em dezembro do ano passado e anual de 2,3%, segundo pesquisa conduzida pela Dow Jones. O dado de novembro foi revisado de queda mensal de 0,5% e alta anual de 2,7%. Os números mostraram que a produção industrial na Alemanha e na França, as duas maiores economias da zona do euro, cresceu em dezembro do ano passado, revertendo queda do mês anterior. A produção na Itália, terceira maior economia, caiu menos em dezembro do que em novembro.Nos 27 países da União Européia (UE), a produção industrial caiu 0,2% em dezembro em relação a novembro e avançou 1,2% frente a dezembro do ano passado. JurosOs dados da produção industrial devem esquentar o debate sobre quando o Banco Central Europeu (BCE) irá seguir o Federal Reserve (Fed, o BC dos EUA) e o Banco da Inglaterra (BoE, o BC inglês), que começaram a cortar suas respectivas taxas de juro para conter uma prevista desaceleração econômica. Embora acredite-se que o BCE irá flexibilizar a política monetária, desde a reunião da semana passada vários membros do conselho de governadores têm destacado que a instituição está mais preocupada com a inflação do que com o crescimento econômico. As informações são da Dow Jones.

CYNTHIA DECLOEDT, Agencia Estado

13 de fevereiro de 2008 | 08h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.