Indústria mostra recuperação em abril, aponta CNI

Setor apresentou melhora nos indicadores de uso da capacidade, faturamento e rendimento dos trabalhadores

Renata Veríssimo, da Agência Estado,

11 de junho de 2013 | 15h12

BRASÍLIA - Os indicadores industriais de abril apresentaram um forte crescimento no mês de abril, conforme os dados apresentados nesta terça-feira, 11, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Pela série dessazonalizada, o nível de utilização da capacidade instalada (UCI) ficou em 83,3% em abril, o maior nível desde junho de 2011. Em março, a UCI estava em 82,6% e em abril de 2012, em 81,8%.

O faturamento real cresceu 5% em relação a março e 17,9% na comparação com abril do ano passado, acumulando um alta de 6,8% no acumulado de janeiro a abril deste ano.

As horas trabalhadas tiveram um aumento de 2,9% ante o mês anterior e 5,5% em relação a abril de 2012. Segundo a CNI, foi o maior avanço frente ao mês anterior desde março de 2010. No ano, as horas trabalhadas têm alta acumulada de 0,5% em relação a janeiro a abril de 2012.

O emprego teve uma expansão de apenas 0,1% em abril na comparação com março e de 1,1% em relação a abril de 2012. No acumulado do ano, o emprego industrial cresceu 0,5%.

A massa salarial aumentou 0,4% ante março e 3,2% na comparação com abril do ano passado. Essa foi a terceira expansão seguida na comparação com o mês anterior, segundo os dados da CNI. De janeiro a abril, o crescimento da massa salarial real na indústria é de 1,8% na comparação com igual período do ano passado.

O rendimento médio real subiu 0,4% em abril deste ano em relação a março e 2,1% ante abril de 2012. No ano, a expansão é de 1,3%. A CNI atribuiu o bom resultado de abril, em parte, à influência do maior número de dias úteis tanto em relação a março quanto comparativamente a abril de 2012.

Veículos. O setor de veículos automotores foi um dos responsáveis pelo bom desempenho dos indicadores industriais. O faturamento da indústria automotiva cresceu 40,2% em abril em relação ao mesmo mês de 2012. As horas trabalhadas subiram 15,1% e o emprego, 3,1%, na mesma base de comparação.

Segundo a CNI, a maior atividade do setor leva a uma redução paulatina da ociosidade do parque industrial. Outro setor com bom desempenho em abril foi o de máquinas e equipamentos. O faturamento do setor cresceu 26,3% em relação a abril de 2012. As horas trabalhadas aumentaram 10% e p emprego teve alta de 2,4% no mesmo período de comparação.

A CNI aponta que o bom comportamento do setor em abril altera o comportamento que vinha sendo registrado no passado recente, principalmente em relação às horas trabalhadas e ao emprego. A Utilização da Capacidade Instalada no setor, no entanto, continua 1,3 pp abaixo de abril de 2012.

A CNI destaca que, uma vez que esse setor produz bens para fins de investimentos, o crescimento da atividade do setor de máquinas e equipamentos reflete aumento dos investimentos na economia. O faturamento real, segundo a CNI, cresceu em abril entre 18 dos 21 setores pesquisados em abril, enquanto que as horas trabalhadas subiram em 17 setores e o emprego, em 12 setores.

Tudo o que sabemos sobre:
industriacni

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.