Indústria opera no nível mais elevado em 31 anos

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) subiu para 87%, mais alto desde outubro de 1976 (89%) e igual a janeiro de 1977, segundo a Sondagem Industrial da Indústria de Transformação da Fundação Getúlio Vargas (FGV). A pesquisa mostra que o número de indústrias com estoques insuficientes cresce desde julho e teve aumento na margem de 14,3% ante outubro de 2006.Cresceu também o número de empresas com escassez de matérias-primas, sobretudo nos setores de mecânica, material de transportes e produtos alimentares. Mas apesar do cenário de produção forte, a pesquisa mostra que, no quadro geral, não há pressão sobre os preços industriais, fator que se deve fundamentalmente ao câmbio flutuante e aos investimentos."Não se vislumbra aumento de preços. Pode haver, mas pontual. De qualquer forma, é preciso cautela para evitar uma situação preocupante de aquecimento forte. A indústria tem de investir", alertou o coordenador da sondagem, Aloísio Campelo.A pesquisa mostrou ainda uma maior disposição dos empresários de contratar no último trimestre do ano: 34% das indústrias disseram que vão contratar, enquanto 6% afirmaram a intenção de demitir.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.