Indústria Paulista contrata 0,14% a mais em fevereiro

O Nível de Emprego Regional apurado pela Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) registrou a leve alta de 0,14% em fevereiro, ante janeiro, resultando na criação de 2.800 postos de trabalho na indústria paulista. O resultado ficou abaixo do apresentado no mesmo mês do ano passado, quando 8.140 vagas foram criadas. No período de 12 meses encerrados em fevereiro, a expansão foi de 0,27%, em relação à mesma base de comparação de 2005, o que resultou na geração de 4.910 vagas. No acumulado do primeiro bimestre do ano, a indústria paulista teve 0,17% de crescimento no nível de emprego em relação a igual período de 2005, o que acabou por gerar 3.510 postos de trabalho. Este desempenho foi inferior em relação ao mesmo período de 2005, quando 8.150 vagas foram abertas. DesmembramentoO desmembramento da pesquisa revela que, especificamente na Grande São Paulo, houve queda de 0,11% no nível de emprego em fevereiro ante o mesmo mês do ano passado. Ao mesmo passo, no interior do estado, a mesma base comparativa resulta em alta de 0,68%.Segundo a Ciesp, 53% dos setores pesquisados apresentaram desempenho positivo, com destaque para as altas de 0,65% em material elétrico, eletrônico e de comunicações; 0,59% em confecção e artigos de vestuário; e 0,19% em metalúrgica. Do grupo de 47% de setores com desempenho negativo, destaque para as retrações dos setores de têxtil (-0,53%), produtos alimentares (-0,36%), e produtos de matérias plásticas (-0,18%). RegiãoPor diretoria regional da Ciesp, os melhores desempenhos forma identificados em Araçatuba, com alta de 7,78%; Presidente Prudente, 3,24%; Santa Bárbara d´Oeste (1,76%); e Araraquara (1,64%). Os desempenhos negativos mais expressivos ficaram com as diretorias de Matão, com -7,06%; Bauru, com -3,49%; e São Caetano do Sul, com -1,76%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.