Indústria vê perspectiva favorável para início de 2008

Pesquisa da CNI mostra que empresas tiveram 4º trimestre de crescimento e mantêm otimismo para este ano

Lu Aiko Otta, de O Estado de S. Paulo,

29 de janeiro de 2008 | 11h47

Os empresários industriais esperam que o ritmo de crescimento da economia brasileira continue em 2008. É o que mostra a pesquisa Sondagem Industrial, divulgada nesta terça-feira, 29, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). Segundo a pesquisa, os empresários avaliam que o quarto trimestre de 2007 manteve um ritmo de crescimento que já havia sido registrado no terceiro trimestre. Segundo os empresários industriais, houve crescimento em 25 dos 27 setores pesquisados. O desempenho positivo aparece, também, na avaliação das empresas, conforme o porte. A CNI informou que houve redução da ociosidade na indústria, no fim de 2007. Além disso, as empresas iniciam o ano de 2008 com um estoque abaixo do planejado. "Nesse cenário, abrem-se as perspectivas favoráveis para a atividade industrial futura", afirma o documento da CNI. Por isso, a avaliação dos empresários para os próximos seis meses segue positiva, apesar da crise dos mercados financeiros internacionais. Os empresários, porém, estão pessimistas quanto às perspectivas para as exportações. A pesquisa da CNI ouviu 745 empresas pequenas, 423 empresas médias e 226 grandes empresas, entre os dias 2 e 22 de janeiro deste ano.

Mais conteúdo sobre:
IndústriaCNI

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.