seu bolso

E-Investidor: O passo a passo para montar uma reserva de emergência

Industriais argentinos e brasileiros juntam forças pelo Mercosul

A indústria argentina vende menos do que no ano passado e falta crédito para a produção. O cenário foi traçado pelo presidente da União Industrial Argentina (UIA), Héctor Massuh, que esteve ontem no Brasil, na sede carioca da Confederação Nacional das Indústrias (CNI). Em maio, a queda do movimento da indústria foi de 14% sobre o ano anterior. Apesar da crise argentina, a capacidade de produção continua intacta, mas o sistema financeiro está virtualmente paralisado e não há oferta de crédito. O principal objetivo do encontro entre a UIA e a CNI foi estreitar o relacionamento entre as duas entidades empresariais, sobretudo para revigorar o Mercosul e definir uma posição conjunta em relação às discussões para a formação da Alca. Leia mais no Estado

Agencia Estado,

22 de junho de 2002 | 08h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.