Markus Schreiber/ AP
Markus Schreiber/ AP

Inflação na Alemanha sobe 7,4% em abril e atinge maior nível desde 1981

Na comparação com o último mês, aumento do CPI foi de 0,8%

Sergio Caldas, O Estado de S.Paulo

11 de maio de 2022 | 15h24

A taxa anual de inflação ao consumidor (CPI, pela sigla em inglês) da Alemanha acelerou para 7,4% em abril, ante 7,3% em março, atingindo o maior nível desde 1981, segundo dados finais publicados nesta quarta-feira, 11, pela Destatis, a agência de estatísticas do país.

Na comparação mensal, o CPI alemão subiu 0,8% em abril. Os números vieram em linha com as expectativas de analistas consultados pelo The Wall Street Journal e confirmaram estimativas preliminares.

As economias globais enfrentam atualmente a alta da inflação, provocada pelos efeitos da pandemia e também pela guerra na Ucrânia. 

A China também divulgou dados oficiais nesta segunda sobre a inflação no país, que foi influenciada pela política de tolerância zero com a vocid-19. 

No Brasil, o IPCA ficou em 1,06% no mês de abril, a maior para o mês desde 1996. Alimentos e combustíveis tiveram um forte peso no índice brasileiro.

Tudo o que sabemos sobre:
Alemanha [Europa]inflação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.