Inflação anual no Reino Unido fica abaixo da meta do BoE

A taxa anual de inflação do Reino Unido ficou pela primeira vez abaixo da meta do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), desde novembro de 2009. O índice de preços ao consumidor de janeiro subiu 1,9% ante janeiro de 2013, abaixo dos 2,0% - que era a previsão dos economistas. O valor também é o mais baixo desde outubro de 2009. Na comparação mensal, o CPI registrou queda de 0,6% em janeiro ante dezembro do ano passado.

EDGAR MACIEL, COM INFORMAÇÕES DA DOW JONES NEWSWIRES E MARKET NEWS INTERNATIONAL, Agencia Estado

18 de fevereiro de 2014 | 08h25

Segundo o ONS, o recuo da inflação foi pressionado pela queda nos preços do petróleo, gás, álcool e tabaco, que recuaram fortemente em relação ao ano passado. O impacto desses setores foi de 1,59 ponto porcentual na taxa de inflação. O mercado de metais e de peças importadas também influenciou na queda.

Essa desaceleração nos preços ajuda a manter as expectativas de que o BOE continue com as taxas de juros em níveis baixos para estimular a recuperação econômica do país. O banco central britânico já sinalizou que espera ver uma recuperação mais forte da economia antes de considerar aumentar a taxa de referência acima da mínima de 0,5%.

Tudo o que sabemos sobre:
Reino Unidoinflação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.