Inflação ao consumidor chinês atinge menor patamar em 17 meses

A inflação na China caiu para o menor patamar em 17 meses, atingindo 4 por cento em outubro, o que ressalta que os formuladores de política monetária não precisam se preocupar com pressões sobre preços e pode focar todos os seus esforços para fortalecer o crescimento econômico do país. A taxa de variação do índice de preços ao consumidor, divulgado nesta terça-feira pela agência nacional de estatísticas, ficou abaixo da alta de 4,6 por cento registrada no acumulado do ano até setembro e menor do que as estimativas, que apontavam para uma valorização de 4,2 por cento. Foi o sexto mês de queda consecutiva do índice.

SIMON RABINOVITCH E SHEN YAN, REUTERS

11 de novembro de 2008 | 07h40

Tudo o que sabemos sobre:
MACROCHINAINFLACAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.