Inflação ao consumidor sobe em 3 de 7 capitais na 3ª semana de agosto, diz FGV

São Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro registraram deflações menos intensas ou voltaram à estabilidade

Alessandra Saraiva, da Agência Estado,

24 de agosto de 2010 | 08h49

Os preços na cidade de São Paulo pararam de cair, na terceira semana de agosto. O Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S) de até 22 de agosto apresentou estabilidade (0,00%) na capital paulista, segundo informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta terça-feira, 24. A fundação anunciou os resultados regionais de inflação nas sete capitais pesquisadas para cálculo do indicador. Nas sete cidades, três apresentaram deflação mais fraca ou fim de queda de preços, entre a segunda e a terceira quadrissemana de agosto.

Além de São Paulo, foram registradas deflações menos intensas em Belo Horizonte (de -0,56% para -0,55%); e Rio de Janeiro (de -0,25% para -0,14%). As outras capitais apresentaram queda mais intensa de preços, no período. É o caso de Salvador (de -0,22% para -0,25%); Brasília (-0,35% para -0,42%); Recife (de -0,55% para -0,68%); e Porto Alegre (de -0,05% para -0,27%).

Entre as pesquisadas, a cidade de São Paulo é a de maior peso no cálculo do indicador, e representa em torno de 50% do total do IPC-S. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.