Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Inflação ao produtor da Alemanha tem maior alta anual em quase dois anos

PPI subiu 3,7% em julho em relação ao mesmo período de 2009 com aumento dos preços da energia

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

19 de agosto de 2010 | 07h52

O índice de preços ao produtor (PPI, na sigla em inglês) da Alemanha subiu no seu ritmo mais rápido em quase dois anos em julho, em bases anuais, devido principalmente ao aumento dos preços da energia, afirmou o Destatis, o escritório nacional de estatísticas.

O PPI subiu 0,5% em julho, na comparação com junho, e avançou 3,7%, em relação ao mesmo período do ano passado. A alta mensal foi a sétima seguida e ficou acima da média das previsões do analistas entrevistados pela Dow Jones, que esperavam um aumento de 0,1%. O crescimento em base anual do PPI foi o maior desde o terceiro trimestre de 2008.

Excluindo os voláteis preços da energia, o índice de preços ao produtor da Alemanha avançou 0,1%, em relação a junho, e 2,4%, na comparação com julho de 2009.

Os preços da energia aumentaram 1,3% em julho, ante junho, e 6,7%, em relação ao mesmo período do ano passado. A alta foi resultado do aumento dos preços da eletricidade e do gás natural. Os preços do petróleo apresentaram, contudo, leve queda de 1,6% em julho, na comparação com junho. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.