Inflação ao produtor fica abaixo do previsto na Alemanha

Os preços ao produtor na Alemanha mostraram uma leitura mais benigna do que se esperava em agosto, anunciou hoje o Escritório Federal de Estatísticas (Destatis). Um declínio mensal nos preços de energia amenizou as pressões inflacionárias na maior economia da Europa.

HÉLIO BARBOZA, Agencia Estado

20 de setembro de 2011 | 07h32

Os preços ao produtor caíram 0,3% em agosto na comparação com julho e subiram 5,5% em relação ao mesmo mês do ano passado, de acordo com o Destatis. Foi o primeiro declínio mensal desde dezembro de 2009.

Os números ficaram abaixo da expectativa dos economistas, que apontavam alta de 0,1% na comparação mensal e de 6% sobre agosto do ano passado. Em julho, os preços ao produtor haviam subido 0,7% no mês e 5,8% sobre o mesmo mês de 2010. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Alemanhainflaçãoagosto 2011

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.