Renda extra

Fabrizio Gueratto: 8 maneiras de ganhar até R$ 4 mil por mês

Inflação cai na França; nível de emprego, também

A inflação na França perdeu força em abril, refletindo a profunda queda nos preços de energia e dos produtos do setor manufatureiro. O índice de preços ao consumidor caiu 0,2% no mês, enquanto a alta anualizada desacelerou-se para 2,0%, de acordo com dados do instituto de estatísticas do governo (Insee). Em março, os preços tinham subido 0,5% no mês e 2,6% no ano. Os economistas previam que os preços ficassem inalterados no mês e subissem 2,2% em termos anualizados. Os preços da energia caíram 4,1% em abril, interrompendo a seqüência de altas do início do ano. Os preços dos alimentos, no entanto, subiram 0,4%, ante março. Emprego O nível de emprego no setor privado francês caiu nos primeiros três meses do ano, puxado pelas dispensas realizadas pelo setor industrial. Dados do Ministério do Trabalho mostraram que o número de empregos no setor privado ficou em 15.448.700 no final de março, o que correspondeu a uma queda de 49.300 ou 0,3% ante os 15.498.000 do final de dezembro. A queda de empregos nas fábricas francesas foi de 0,7% no trimestre, enquanto no setor de serviço foi de 0,2%. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.