Inflação de 2000 deve ser de 4,6%

A Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) divulga hoje o último índice de inflação do ano. A projeção é de que a inflação do mês fique em torno de 0,5%, acumulando alta de 4,6% no ano, segundo previsão do coordenador da pesquisa do Índice de Preços ao Consumidor (IPC), Heron do Carmo. O índice da inflação em São Paulo deverá ser menor que o projetado porque não ocorreram os aumentos que estavam previstos, como as tarifas de transportes urbanos e de água e esgotos. Alguns analistas acreditavam que a quebra na safra de cana poderia elevar o preço do álcool combustível e pressionar a inflação de dezembro dos primeiros meses de 2001. Heron do Carmo, entretanto, diz estar tranqüilo. Para ele, além do peso pequeno na composição do índice, os preços do álcool não estão oscilando. José Maurício Soares, do Departamento de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos (Dieese) tem opinião semelhante.

Agencia Estado,

19 de dezembro de 2000 | 07h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.