Inflação desacelera na primeira semana de agosto em SP

Queda dos preços foi puxada pelos grupos Alimentação, Despesas Pessoais e Educação

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

12 de agosto de 2008 | 05h28

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) no município de São Paulo recuou de 0,45% em de julho para 0,38% na primeira quadrissemana de agosto. O resultado ficou dentro das estimativas dos analistas ouvidos pela Agência Estado, que iam de 0,36% a 0,41%.   Veja também: IPCA desacelera a 0,53% em julho ajudado por alimentos Como investir seu dinheiro no período de inflação  De olho na inflação, preço por preço  Entenda os principais índices  Entenda a crise dos alimentos   Apresentaram alta de julho para a primeira leitura de agosto os grupos Habitação (de -0,09% para 0,04%), Transportes (de 0,32% para 0,37%) e Saúde (de 0,56% para 0,57%). Recuaram os grupos Alimentação (de 1,07% para 0,69%), Despesas Pessoais (de 1,19% para 0,95%) e Educação (de 0,05% para 0,04%). No campo negativo, o grupo Vestuário avançou de -0,03% para -0,15%). Veja como ficaram os grupos que compõem o IPC: Habitação: 0,04%Alimentação: 0,69%Transportes: 0,37%Despesas Pessoais: 0,95%Saúde: 0,57%Vestuário: -0,15%Educação: 0,04%Índice Geral: 0,38%

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.