Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Inflação em queda abre janela para corte de juro na Grã-Bretanha

A inflação na Grã-Bretanha recuouinesperadamente para 1,8 por cento em agosto, menor patamar emmais de um ano, o que abre espaço para que o Banco daInglaterra reduza os custos dos empréstimos caso a crise decrédito se agrave. Com a inflação abaixo da meta de 2 por cento pelo segundomês consecutivo --e bem abaixo do recorde de alta em março-- oBanco da Inglaterra pode ter condições de responder aos pedidospor uma redução da taxa de juro. "O grande condutor da política monetária será a extensão emque os deslocamentos do mercado de crédito são percebidos antesde impactarem a economia real", afirmou Philip Shaw,economista-chefe do Investec. "A tendência da inflação corrente não ficará no caminho docorte da taxa de juro caso o comitê de política monetária sintaque isso seja necessário." A agência nacional de estatísticas informou que o índice depreços ao consumidor subiu 1,8 por cento no mês passado, emtermos anuais, abaixo das estimativas dos analistas, queesperavam uma alta de 1,9 por cento.

MATT FALLOON E SUMEET DESAI, REUTERS

18 de setembro de 2007 | 08h56

Tudo o que sabemos sobre:
MACROGRABRETANHAJURO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.