Inflação em São Paulo recua em agosto, aponta Diesse

O Índice do Custo de Vida (ICV) ficou em 0,69% em agosto, segundo informou hoje o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos (Dieese). O resultado da inflação em São Paulo no último mês é 0,53 ponto porcentual menor que o de julho, quando a inflação chegou a 1,21%.O grupo que mais contribuiu com o ICV foi Alimentação, com aumento de 1,34%. Também pressionaram a inflação no período Saúde (1,18%) e Transportes (1,05%). Estes três grupos juntos contribuíram com 0,67 ponto porcentual no custo de vida no mês. Vestuário e Despesas Pessoais registraram deflação de 0,59% e 0,75%, respectivamente, em agosto.No setor de Alimentação, o maior aumento foi observado para os produtos in natura e semi-elaborados (2,57%), seguidos da alimentação fora do domicílio (0,72%). A menor variação foi registrada para os produtos da indústria alimentícia (0,31%).Para o segundo grupo com maior impacto inflacionário, o da Saúde, a pressão de alta sobre os preços veio do aumento verificado no subgrupo assistência médica (1,49%), pois poucas alterações foram verificadas entre os medicamentos e produtos farmacêuticos (-0,01). Seguros e convênios médicos (1,69%) constituem o item que mais contribuiu no resultado da taxa deste grupo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.