Inflação em São Paulo sobe 1,12% em janeiro

A média dos reajustes dos preços na Região Metropolitana de São Paulo em janeiro mostrou uma variação positiva de 1,12%, segundo o Índice de Preços ao Varejo (IPV), da Federação do Comércio do Estado de São Paulo (Fecomercio). A alta no mês passado, quando comparada com o reajuste médio de 1,69% em dezembro, mostra uma desaceleração de 0,57 ponto porcentual. Esta redução no ritmo de alta do IPV é praticamente a inflação inteira de janeiro apurada na capital paulista no mês passado. O IPC-Fipe fechou em 0,56%, segundo informou hoje a Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe).Para a Assessoria Econômica da Fecomercio, o resultado do IPV em janeiro "confirma a expectativa da entidade de recuo dos preços no primeiro mês do ano, provocada principalmente pelas liquidações em diversos segmentos neste período". Além disso, quando se recorre, para efeito de comparação, à inflação de dezembro, a taxa maior, de 1,69%, é justificada pelos analista da Fecomercio com uma conseqüência do efeito do 13º salário e do aumento do consumo na época de festas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.