Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Inflação em SP tem a menor alta desde junho de 2006

A inflação de 0,07%, verificada na cidade de São Paulo em agosto, teve a menor taxa de variação mensal do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) desde junho de 2006, quando houve deflação de 0,31%. A informação consta da série história da Fipe, que calcula o indicador paulistano. O resultado também representa a menor inflação para um mês de agosto desde 2005, quando houve deflação de 0,20%. No ano passado, o IPC-Fipe havia registrado alta de 0,12% em agosto.Em 2007, a menor marca mensal pertencia a março, quando o índice subiu 0,11%. Depois disso, o IPC-Fipe apresentou elevação de 0,33% em abril; de 0,36% em maio; de 0,55% em junho; e de 0,27% em julho. Durante agosto deste ano, a inflação desacelerou nas três medições seguintes: registrou variações de 0,21% na primeira quadrissemana; de 0,17% na segunda; e de 0,11% na terceira.AlimentosEm tempos de forte pressão dos preços dos alimentos, que vem, inclusive, obrigando o mercado financeiro a rever as estimativas para os demais indicadores de inflação, o IPC da Fipe destoou dos demais índices neste mês. Houve uma pressão de queda vinda do grupo Habitação, por causa do efeito atrasado gerado por uma redução da tarifa de energia elétrica anunciada ainda em julho - pela metodologia da Fipe, os reajustes de tarifas administradas são captados apenas quando o consumidor recebe a conta e efetua o pagamento. Em agosto, na capital paulista, a forte alta de 1,46%, observada no grupo Alimentação, foi amenizada pelo recuo de 0,82% da Habitação.

FLAVIO LEONEL, Agencia Estado

05 de setembro de 2007 | 10h35

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.