Inflação medida pelo IGP-DI desacelera em setembro

Variação de 1,17% no mês reforça análises de que repique inflacionário dos últimos meses está arrefecendo

Renato Andrade, da Reuters,

04 de outubro de 2007 | 08h24

O Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) desacelerou em setembro, reforçando as expectativas que o repique inflacionário sentido nos últimos meses começa a se arrefecer.  De acordo com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), o IGP-DI registrou no mês passado uma alta de 1,17%, depois de ter fechado agosto com 1,39% de avanço.  A desaceleração era esperada, mas foi mais fraca do que indicava as estimativas do mercado. Dezoito economistas consultados pela Reuters esperavam que o índice subisse 1,05% em setembro. Os prognósticos oscilaram de 0,95% a 1,25% de alta.  Entre os componentes do IGP-DI, o Índice de Preços por Atacado (IPA) avançou 1,64%, ante ganho de 1,96% em agosto.  O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 0,23%, frente a alta de 0,42% no mês anterior.  O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) teve alta de 0,51%, depois de ter subido 0,26% em agosto.  No ano, o IGP-DI acumula alta de 4,44%. Nos últimos 12 meses o avanço foi de 6,16%.

Tudo o que sabemos sobre:
InflaçãoIGP-DI

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.