Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Inflação na Argentina foi de 0,6% em maio

Ao completar seis meses de governo, a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, estréia o novo e considerado polêmico índice de inflação. Feito sob medida para o governo, que se nega a reconhecer a disparada de preços no país, o novo Índice de Preços ao Consumidor (IPC) refletiu uma inflação menor do que a sentida pelos argentinos, segundo os analistas, que acusam o governo de manipular os números desde janeiro de 2007. O IPC oficial ficou em 0,6% em maio, segundo anunciou o Instituto Nacional de Estatísticas e Censos (Indec), nesta tarde. De acordo com o Indec, os custos de educação subiram 3,7% em maio em comparação com abril, o item roupas teve uma alta de 1,2% e os custos com saúde aumentaram 1,1%. Os custos com alimentos subiram 0,1%, enquanto os itens moradia e serviços básicos registraram um aumento de 0,7% cada. Analistas, no entanto, estimam que os custos relacionados a alimentos e aluguel de residência vêm subindo mais de 1% a cada mês.

MARINA GUIMARÃES, Agencia Estado

10 de junho de 2008 | 17h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.