Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Inflação na capital paulista mantém ritmo e sobe 0,35%

A inflação ao consumidor em São Pauloregistrou pequena variação na terceira quadrissemana de agosto,reflexo do aumento dos custos com habitação que foi compensadopela queda dos preços dos alimentos. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) subiu 0,35 por centono período, seguindo alta de 0,34 por cento na segundaquadrissemana do mês, informou nesta quarta-feira a FundaçãoInstituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Os custos com Habitação foram os que mais pesaram sobre oíndice de inflação da capital paulista. Os preços sofreram umaumento de 0,67 por cento na terceira quadrissemana, uma forteaceleração frente ao avanço de 0,25 por cento apurado naquadrissemana anterior. A alta dos preços de habitação responderam poar 62,26 porcento de toda a variação do IPC na terceira leitura do mês,informou a Fipe. Por outro lado, os preços do grupo Alimentação --principalresponsável pelo repique da inflação nos últimos meses-- caíram0,20 por cento na terceira quadrissemana de agosto, revertendoo avanço de 0,26 por cento apurado na quadrissemana anterior. Os custos com Transportes subiram 0,30 por cento, depois deterem avançado 0,35 por cento na segunda leitura do IPC deagosto. No caso de Depesas pessoais, os preços subiram 0,70 porcento na terceira quadrissemana, praticamente no mesmo patamarverificado na leitura anterior, quando estes custos registraramum aumento de 0,71 por cento. Já os gastos com Educação subiram 0,09 por cento, mais queo dobro da alta verificada na segunda quadrissemana do mês.Ainda assim, esses gastos responderam por apenas 0,97 por centoda variação do IPC na terceira quadrissemana de agosto. O IPC mede a variação dos preços no município de São Paulode famílias com renda até 20 salários mínimos. (Reportagem de Renato Andrade)

REUTERS

27 de agosto de 2008 | 07h02

Tudo o que sabemos sobre:
INFLACAOIPCATUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.