Inflação na zona do euro em janeiro é revisada para baixo

CPI subiu 2,3% no mês passado, inferior ao aumento inicial de 2,4%, e a maior taxa desde outubro de 2008

Cynthia Decloedt, da Agência Estado,

28 de fevereiro de 2011 | 07h40

O índice de preços ao consumidor subiu à taxa anual de 2,3% em janeiro na zona do euro, alta inferior ao aumento de 2,4% da estimativa inicial da agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat. A elevação de janeiro foi a maior desde outubro de 2008 e supera a alta de 2,2% registrada em dezembro. Economistas ouvidos pela Dow Jones esperava que o número não fosse revisado.

Em comparação a dezembro, o CPI caiu 0,7% em janeiro; economistas esperavam queda de 0,6%. O núcleo do índice, que exclui energia, alimentos, tabaco e álcool, cedeu 1,6% em janeiro na comparação com dezembro. As informações são da Dow Jones. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.