Inflação na zona do euro recua de novo em novembro, com queda nos preços de energia

A inflação anual na zona do euro recuou a 0,3 por cento em novembro, informou o escritório de estatísticas da União Europeia nesta sexta-feira, puxada pelos preços de energia e sugerindo que o risco de deflação continua real, ameaçando o Banco Central Europeu (BCE).

REUTERS

28 de novembro de 2014 | 08h12

O resultado era esperado por economistas consultados pela Reuters e vem logo em seguida à inflação da Alemanha, divulgada nesta semana, que recuou para o menor nível em quase cinco anos.

A inflação da zona do euro havia sido de 0,4 por cento em outubro e continua longe da meta do BCE de perto de 2 por cento no ano.

A autoridade monetária considera que inflação abaixo de 1 por cento está perto da "zona de perigo" deflacionária.

Tudo o que sabemos sobre:
MACROEUROINFLACAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.