Andy Rain/ EFE
Andy Rain/ EFE

Inflação no Reino Unido chega a 5,4% em dezembro, maior nível desde 1997

Além do Reino Unido, a Alemanha também divulgou dados da inflação de dezembro, onde os preços subiram 5,3%

Sergio Caldas, O Estado de S.Paulo

19 de janeiro de 2022 | 08h13

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) do Reino Unido subiu 5,4% em dezembro de 2021 ante igual mês do ano anterior, acelerando em relação ao ganho anual de 5,1% observado em novembro, segundo dados publicados nesta quarta-feira, 19, pelo Escritório Nacional de Estatísticas (ONS). O CPI é o principal indicador de inflação do país.

O resultado de dezembro, o mais alto desde janeiro de 1997, superou a expectativa de analistas consultados pelo The Wall Street Journal, que previam ganho de 5,2%, e afastou ainda mais a inflação britânica da meta do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), que é de uma taxa de 2%.

Em relação a novembro, o CPI do Reino Unido avançou 0,5% em dezembro. Neste caso, a projeção era de acréscimo de 0,4%.

O núcleo do CPI, que exclui itens voláteis como alimentos e energia, aumentou 0,5% em dezembro ante o mês anterior e registrou acréscimo anual de 4,2%.

Inflação na Alemanha 

Já na Alemanha, a taxa anual de inflação ao consumidor atingiu 5,3% em dezembro de 2021, acelerando de 5,2% em novembro, segundo dados finais publicados nesta quarta-feira pela Destatis, a agência de estatísticas do país.

Na comparação mensal, o CPI da maior economia da Europa subiu 0,5% em dezembro.

Os dados desta quarta-feira, 19, vieram em linha com as expectativas de analistas consultados pelo The Wall Street Journal e confirmaram estimativas preliminares.

Em 2021, o CPI alemão teve alta média de 3,1% ante 2020, a maior desde 1993, informou a Destatis. / COM INFORMAÇÕES DA DOW JONES NEWSWIRES

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.