Inflação no varejo perde força em 3 de 7 capitais na 2ª prévia de julho, diz FGV

Segundo a FGV, o IPC-S desacelerou em Belo Horizonte (0,11%), Recife (-0,31%) e Rio de Janeiro (-0,17%)

Jacqueline Farid, da Agência Estado,

19 de julho de 2010 | 08h12

A inflação medida pelo Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) registrou desaceleração em três das sete capitais pesquisadas pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) na quadrissemana encerrada em 15 de julho, em relação à quadrissemana anterior.

São elas Belo Horizonte (de 0,21% para 0,11%), Recife (de 0,06% para -0,31%) e Rio de Janeiro (de -0,03% para -0,17%). Foram mantidas deflações, mas com alguma aceleração no resultado, em Porto Alegre (-0,07% para -0,02%) e São Paulo (-0,24% para -0,23%). Os demais resultados foram apurados em Salvador (0,10% para 0,16%) e Brasília (0,26% para 0,35%).

No final da semana passada, a FGV havia divulgado o IPC-S para todas as regiões que, no total, mostrou uma variação de -0,13% na quadrissemana encerrada em 15 de julho, ante -0,08% na quadrissemana anterior.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.