Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Inflação no varejo sobe 1,19% em maio em SP, aponta Fecomercio

O Índice de Preços no Varejo (IPV) apurado pela Federação do Comercio do Estado de São Paulo (Fecomercio) fechou o mês de maio com alta de 1,19%, após queda de 0,27% em abril. Segundo a assessoria econômica da instituição, o resultado foi estimulado, principalmente, pelo grupo Vestuário, que registrou aumento de 5,73%, ante redução de 2,10% no mês anterior. "Em função dos dias mais frios, o segmento apresentou maior demanda, num momento em que a estratégia das lojas era a de trabalhar com estoques reduzidos, o que elevou os preços", avaliaram os economistas da Fecomercio por meio de nota à imprensa.Com a influência do Vestuário, o grupo Semiduráveis passou de uma variação negativa de 2,67% em abril para uma elevação de 2,90% em maio. O aumento só não foi maior porque os preços de tecidos e calçados, que também compõem este grupo, tiveram queda de 1,08% e 3,39%, respectivamente.Já os produtos Não-Duráveis apresentaram avanço de 1,20%. A maior pressão, neste caso, foi do segmento farmacêutico, que registrou aumento de 8,33%, ainda como reflexo do reajuste de preços autorizado pelo governo no final de março. Produtos alimentícios tiveram alta de 0,68%; de limpeza doméstica, de 0,83%, e os de higiene registraram queda de 0,17%. Na área de Comércio Automotivo, houve alta de 1,26%. O maior impacto foi do segmento de autopeças, que teve aumento de 7,47%, enquanto veículos novos apresentaram uma variação de apenas 0,21%. Em Materiais de Construção, a elevação foi de 1,96%, incluindo telhas, tijolos, tintas, ferrosos, não-ferrosos, revestimentos de pisos e cimento. O grupo de Bens Duráveis foi o único que registrou queda, de 1,26%, influenciado pelos eletrodomésticos, que tiveram variação negativa de 2,01%.

Agencia Estado,

02 de junho de 2004 | 15h53

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.