Inflação nos EUA surpreende e fica estável em fevereiro

O índice de preços ao consumidor nosEstados Unidos (CPI, na sigla em inglês) surpreendeu no mêsfevereiro e se manteve estável, segundo dados divulgados nestasexta-feira pelo Departamento de Trabalho. O núcleo doindicador também se manteve estável. Os preços mais baixos nos setores de energia e transportesajudaram a manter os preços inalterados em fevereiro, segundo oDepartamento de Trabalho. O CPI, índice de inflação mais acompanhado nos EUA, ficouinalterado depois de ter tido uma alta de 0,4 por cento emjaneiro. Mais significativo ainda, o núcleo, que exclui osvoláteis preços de energia e alimentos, também ficouinalterado. Em janeiro, o núcleo subiu 0,3 por cento. Analistas ouvidos pela Reuters esperavam aumento de 0,3 porcento para o índice geral e de 0,2 por cento para o núcleo emfevereiro. A última vez que os preços ficaram estáveis nos paísfoi em agosto de 2007. Segundo o relatório divulgado pelo governo, os preços deenergia caíram 0,5 por cento em fevereiro, uma alteraçãoconsiderável em relação à alta de 0,7 por cento registrada emjaneiro. Os preços de transporte também caíram 0,5 por cento emfevereiro. Nos últimos 12 meses, os preços ao consumidor aumentaram 4por cento, uma alta moderada em relação ao ganho de 4,3 porcento registrado em janeiro e a menor variação na comparaçãoano a ano desde outubro do ano passado, segundo informou ogoverno.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.