Inflação para baixa renda ultrapassa índice geral em 2007

Preços para famílias com renda de até seis salários mínimos sobem 5,16% no ano, impulsionados por alimentos

Jacqueline Farid, da Agência Estado,

11 de janeiro de 2008 | 09h26

A inflação para as famílias de baixa renda subiu mais que o índice geral em 2007, segundo dados divulgados nesta sexta-feira, 11, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que mede a variação de preços para a classe com rendimento de um a seis salários mínimos, fechou o ano com variação de 5,16%, enquanto o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) teve alta de 4,46%.   Veja também: IPCA fecha 2007 em alta de 4,46%, próxima ao centro da meta Entenda os principais índices   Ambos os índices foram influenciados pela elevação nos preços dos alimentos no ano passado, responsável por quase metade (2,21 ponto porcentual) da inflação geral do País. A diferença entre a variação registrada pelo IPCA - que abrange as famílias com rendimento de um a 40 salários mínimos - e pelo INPC acontece pois os alimentos têm peso maior nas despesas das famílias de baixa renda.   Em 2006, o INPC tinha acumulado alta de 2,81%. Já em dezembro, o índice ficou em 0,97%, também acima do IPCA do mês (0,74%).

Mais conteúdo sobre:
InflaçãoINPCIPCA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.