Inflação pelo IGP-DI de maio tem a maior alta desde 2003

Índice da FGV sobe para 1,88% ante alta de 1,12% no mês anterior e surpreende os economistas

ALESSANDRA SARAIVA, Agencia Estado

09 de junho de 2008 | 08h28

O Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) de maio subiu para 1,88%, segundo a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Em abril, o índice tinha registrado alta de 1,12%. Trata-se do maior valor desde janeiro de 2003, quando o indicador apresentou elevação de 2,17%. A informação é baseada em tabela contendo a série histórica do indicador, fornecida pela FGV. A principal contribuição para a aceleração partiu do subgrupo alimentos in natura, cuja taxa passou de queda de 7,58% em abril para uma alta de 4,04% em maio.     Veja também: Entenda a crise dos alimentos    Entenda os principais índices de inflação    As commodities continuam sendo as grandes vilãs. Os preços dos produtos agrícolas no atacado tiveram alta de 2,47% em maio e registram elevação de 33,65% em 12 meses até esse mês. Em abril, houve aumento de 0,08% nos preços desse tipo de produto. Já os preços das matérias-primas brutas registraram avanço de 2,96% em maio, ante alta de 1,90% em abril, e apresentam aumento de 34,42% em 12 meses até maio.   No mês passado, as altas de preço mais expressivas, no atacado, foram registradas em arroz em casca (15,98%); minério de ferro (11,38%); e óleo diesel (7,19%). Já as mais expressivas quedas de preço, no atacado em maio, foram registradas nos preços de laranja ( -18,08%); mamão (-29,63%); e algodão em caroço (-4,64%). No caso dos três indicadores que compõem o IGP-DI de maio, o Índice de Preços por Atacado (IPA) subiu para 2,22%, ante aumento de 1,30% em abril. Por sua vez, o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) teve elevação de 0,87% em maio, ante alta de 0,72% em abril. Já o Índice Nacional de Custos da Construção (INCC) subiu para 2,02% em maio, ante avanço de 0,87% em abril.Embora não seja mais usada para reajustar a tarifa de telefone, a taxa acumulada do IGP-DI ainda é usada como indexadora das dívidas dos Estados com a União. Até maio, o IGP-DI acumula elevações de 5,16% no ano e de 12,14% em 12 meses. O período de coleta de preços para o IGP-DI de maio foi do dia 1º a 31 do mês passado.

Tudo o que sabemos sobre:
InflaçãoIGP-DI

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.