Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Inflação pelo IGP-DI inicia ano em desaceleração e vai a 0,99%

Já a 1ª prévia do IPC-S de fevereiro subiu 0,82%, influenciada por Alimentação e Educação, Leitura e Recreação

Agência Estado e Reuters,

08 de fevereiro de 2008 | 08h10

O Índice Geral de Preços-Disponibilidade Interna (IGP-DI) subiu 0,99% em janeiro, abaixo da alta de 1,47% em dezembro, segundo divulgou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta sexta-feira, 8. Analistas consultados previam alta de 0,91%. Veja também:    Entenda os principais índices de inflação    Entre os componentes do IGP-DI, o Índice de Preços por Atacado (IPA) subiu 1,08%, ante alta de 1,90% em dezembro. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) avançou 0,97% no mês passado, frente à variação positiva de 0,70% no anterior. O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) teve alta de 0,38% em janeiro, comparado a aumento de 0,59% em dezembro.   Já o Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) de até 7 de fevereiro subiu 0,82%, em comparação com a elevação de 0,97% apurada no índice anterior, de até 31 de janeiro. A informação foi divulgada nesta sexta pela FGV.   A taxa ficou abaixo da mínima prevista pelos analistas do mercado financeiro ouvidos pela Agência Estado, que esperavam um resultado entre 0,84% e 0,95%. O indicador foi influenciado principalmente pelos grupos de Alimentação (1,76%) e Educação, Leitura e Recreação (2,05%).   Dos sete grupos analisados pela FGV, apenas o item vestuário teve redução de 0,84% sobre a semana anterior, impactado principalmente pela intensificação das liquidações de verão. Tiveram altas a Habitação (0,21%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,46%), Transportes (0,29%) e Despesas Diversas (0,75%).  

Tudo o que sabemos sobre:
INFLACAOIGPDI

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.