Inflação pelo IPC-S acelera e sobe 0,34% na 3a prévia de outubro

O Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) registrou alta de 0,34 por cento na terceira prévia de outubro, uma leve aceleração em relação à leitura anterior, informou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta quinta-feira. "Este foi o maior resultado desde a primeira semana de agosto, quando o índice registrou variação de 0,44 por cento", afirmou a FGV em comunicado. Na segunda prévia de outubro, o IPC-S havia registrado um avanço de 0,30 por cento. O grupo Alimentação foi o que mais contribuiu para o acréscimo da taxa do IPC-S. "Onze dos 21 gêneros alimentícios componentes do grupo registraram acréscimos em suas taxas de variação", afirmou a FGV. Os preços do grupo, como um todo, avançaram 0,41 por cento na terceira prévia de outubro, ante alta de 0,22 por cento na leitura anterior. Os grupos Saúde e cuidados pessoais, Educação, leitura e recreação e Transportes também registraram aumentos em suas taxas de variação. Por outro lado, Despesas diversas e Vestuário subiram em ritmo mais moderado. A terceira prévia do IPC-S mediu a variação dos preços entre os dias 23 de setembro e 22 de outubro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.