Inflação pelo IPC-S na cidade de SP acelera a 0,54%

A inflação na cidade de São Paulo está acelerando, no âmbito do Índice de Preços ao Consumidor - Semanal (IPC-S). Os preços no município subiram 0,54% no indicador de até 31 de agosto, ante aumento de 0,49% apurado no IPC-S anterior, de até o último dia 22. As informações foram divulgadas hoje pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).Segundo os dados, das sete cidades usadas para cálculo do índice, três apresentaram aceleração de preços, na passagem do IPC-S de até 22 de agosto para o indicador de até o dia 31. Além de São Paulo, é o caso de Porto Alegre (de 0,13% para 0,34%) e Recife (de 0,52% para 0,85%). As outras capitais tiveram desaceleração de preços, no mesmo período. É o caso de Belo Horizonte (de 0,25% para 0,15%), Brasília (de 0,68% para 0,67%), Rio de Janeiro (de 0,49% para 0,31%) e Salvador (de 0,34% para 0,21%). A cidade de São Paulo é de maior peso na formação do IPC-S.Ontem, a FGV anunciou a taxa completa do IPC-S de até 31 de agosto, que subiu 0,42%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.