Inflação pode voltar a subir

O mês de junho ainda deve ter uma inflação perto de zero, mas os preços devem subir mais nos próximos meses, segundo o coordenador do Índice de Preços ao Consumidor da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (IPC-Fipe), Heron do Carmo. A previsão é de que, com os reajustes das tarifas públicas e transportes, o Índice feche em torno de 5% no ano e comece a subir já a partir de julho e agosto.Só o aumento do combustível, por exemplo, se ficar em torno de 10%, deve trazer alta de 0,25% no IPC. Até agora, com a inflação acumulada em 0,69%, o aumento médio do IPC por mês vinha sendo de 0,14%. Como muitas variáveis estão sem definição, Heron explica que ainda não é possível prever o Índice do próximo mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.