finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Inflação recua pelo sexto mês seguido na China

O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) desacelerou na China pelo sexto mês seguido em outubro, ampliando o espaço para flexibilidade maior da política monetária por Pequim. O CPI subiu 4% em outubro em comparação a outubro do ano passado, informou o Escritório Nacional de Estatísticas, abaixo da elevação de 4,6% em setembro.Os preços dos alimentos, um dos principais componentes do índice de inflação, avançaram 8,5% em outubro em comparação ao mesmo mês do ano passado, abaixo da alta de 9,7% registrada em setembro. Os preços fora do segmento alimentos subiram 1,6% em outubro, depois de alta de 9,1% em setembro. As informações são da Dow Jones.

CYNTHIA DECLOEDT, Agencia Estado

11 de novembro de 2008 | 09h33

Tudo o que sabemos sobre:
inflaçãoChina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.