Inflação reduz vendas em hiper e supermercados, diz IBGE

A inflação prejudicou as vendas no varejo de hipermercados, supermercados, assim como também no segmento de produtos alimentícios, bebidas e fumo no mês de junho, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no mês de junho. Houve redução em junho de 0,4% sobre maio e de 0,8% em relação a junho de 2012. Segundo Aleciana Gusmão, coordenadora de Serviços e Comércio do IBGE, a alta no preço dos alimentos levou a uma mudança de hábito por parte do consumidor, que tem optado por produtos mais baratos ou até mesmo por uma redução no volume de compras.

MÔNICA CIARELLI, Agencia Estado

14 de agosto de 2013 | 10h13

Aleciana lembrou que o preço dos alimentos acumula, nos últimos 12 meses, alta de 13,6% no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), enquanto o índice total registra uma expansão de 6,7% no mesmo período.

A disparada do dólar tem afetado também as vendas de equipamentos e material de informática, que caíram 0,5% em junho sobre maio. Aleciana explicou que a atividade registra retração desde março, uma vez que a variação cambial encarece as importações de componentes.

Tudo o que sabemos sobre:
IBGEvendasjunhoalimentos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.