Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Inflação se desloca para a trajetória da meta, diz BC

O presidente do Banco Central (BC), Alexandre Tombini, afirmou hoje que a inflação está em queda e em processo de convergência à meta de 4,5% para 2012. "Após alcançar o nível máximo no terceiro trimestre, a inflação acumulada em 12 meses começa a recuar a partir de outubro, e, assim, a se deslocar na trajetória de metas", afirmou durante palestra em evento promovido pela Associação Brasileira de Bancos Internacionais (ABBI), realizado em São Paulo.

RICARDO LEOPOLDO, Agencia Estado

31 de outubro de 2011 | 14h24

"Essa inversão de tendência por si só contribuirá para melhorar as expectativas dos agentes econômicos e, em especial, dos formadores de preços sobre a dinâmica da inflação nos próximos trimestres", acrescentou.

No Brasil, os agentes econômicos já começam a entender os pontos de vista do BC que levam a autoridade monetária a prever que o IPCA atingirá 4,7% no último trimestre de 2012. Além de comentários feitos por vários especialistas à Agência Estado, a mediana das expectativas para o índice obtida pela pesquisa Focus aponta uma leve queda, de 5,61% para 5,59%, nas duas últimas semanas, após a redução da Selic de 12,00% para 11,50% ao ano no dia 19 de outubro. As projeções dos analistas que estão na categoria Top 5 do BC (aquelas instituições que mais acertam as projeções) caíram com maior vigor, de 5,74% para 5,62% no período.

Tudo o que sabemos sobre:
BCinflaçãoTombiniBC

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.