Inflação sobe 0,37% na terceira prévia de agosto

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), apurado pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) da USP, registrou alta de 0,37% na terceira quadrissemana de agosto. O IPC subiu em relação à segunda prévia (+0,24%), mas ficou dentro do intervalo apontado pelos analistas ouvidos pela Agência Estado, que indicaram um intervalo entre 0,27% e 0,50%. Habitação, a maior alta do período, também registrou, mais uma vez, a maior variação porcentual da pesquisa, com aumento de 1,38%, ante variação positiva de 0,82% na segunda quadrissemana. Essa tendência foi antecipada pelos analistas, que apontaram a alta dos preços administrados, como energia elétrica e telefonia fixa, como os responsáveis pelo aumento. Já a redução no ritmo de queda dos alimentos, prevista por alguns analistas, não se confirmou. O grupo apresentou nova baixa em relação à pesquisa divulgada na semana passada, que, por sua vez, já mostrava deflação. Na terceira quadrissemana do mês, o item Alimentos caiu 0,45%, ante baixa de 0,27% na segunda prévia. Vestuário também apresentou nova queda de 0,45%, ante baixa de 0,10% na pesquisa divulgada na semana passada. Educação seguiu a mesma tendência, porém, com variação menor: de -0,02% (segunda quadrissemana) para -0,04%. Despesas Pessoais apresentou a segunda maior variação porcentual do período. O grupo, que havia subido 0,52% na segunda pesquisa do mês, teve alta de apenas 0,05% na prévia divulgada nesta manhã. Saúde registrou alta considerável no período, subindo de 0,02% (na segunda prévia) para 0,36%. Transportes, que havia registrado queda de 0,18% na segunda quadrissemana, subiu 0,07%. Veja as variações dos itens que compõem o IPC: Habitação: +1,38%; Alimentação: -0,45%; Transportes: +0,07%; Despesas Pessoais: +0,05%; Saúde: +0,36%; Vestuário: -0,45%; Educação: -0,04%; Índice Geral: +0,37%.

Agencia Estado,

27 de agosto de 2003 | 05h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.