Inflação sobe para 0,16% na 2ª prévia do mês

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe) da USP registrou inflação de 0,16% na segunda quadrissemana de dezembro, resultado superior ao do perído anterior, quando o IPC foi de 0,03%. Seguindo a tendência da primeira quadrissemana, a maior alta foi Transportes, que subiu 1,65%, seguido por Despesas Pessoais, que teve variação de +0,44%. Alimentação continua a registrar variações negativas, caindo 1,02% no período pesquisado. O grupo Saúde, que havia registrado queda de 0,06% no período anterior, iniciou o mês com baixa um pouco menor (-0,01%). Já o item Vestuário registrou a mesma variação da primeira prévia, -0,04%. Verifique os resultados apurados pela Fipe para todos os itens que compõem o IPC: ItemVariação (%)Habitação+0,22Alimentação-1,02Transportes+1,65Despesas pessoais+0,44Saúde-0,01Vestuário-0,04Educação+0,09Índice geral+0,16

Agencia Estado,

20 de dezembro de 2000 | 09h04

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.