Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Inflação volta ao centro do debate

Relatório trimestral do BC que sai até sexta deve balizar o rumo da taxa básica de juros, hoje em 11,25% ao ano

Leandro Modé, O Estadao de S.Paulo

07 de setembro de 2024 | 00h00

O Banco Central (BC) divulga esta semana - sem data definida - o Relatório de Inflação relativo ao terceiro trimestre do ano. Analistas vão se debruçar sobre o documento para tentar decifrar os próximos passos da autoridade monetária em relação à taxa básica de juros (Selic). Quando o relatório anterior foi divulgado, o BC via um cenário "benigno" para a inflação. De lá para cá, os índices de preços se aceleraram - o IPCA, que serve de parâmetro para a meta do governo, saiu de 0,24% em julho para 0,47% em agosto. Isso levou analistas a iniciar um debate sobre o rumo da Selic. Para muitos, o corte promovido na última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), de 11,5% para 11,25% ao ano, deve ter sido o último de 2007. Os especialistas procurarão, também, as previsões do BC para variáveis econômicas, como o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB). No relatório anterior, o BC subiu a perspectiva de 4,1% para 4,7%. No exterior, os destaques da agenda são os dados sobre consumo e gastos pessoais nos Estados Unidos, na quinta e sexta-feira. Na quinta, sai também um dado sobre venda de imóveis novos em agosto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.